faz tanto tempo que não choro.

sou tão fraca que à luz do primeiro pensamento que ouso relembrar-te, fujo pra outro pensamento, outro livro, outra música, outros amigos, outras saídas, outras faltas, outras vozes, outras coisas, outras, qualquer coisa.

menos o teu rosto, esse eu não quero lembrar porque eu morro.

difícil esta imensidão, porque tudo fica tão pequeno perto disto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: