Archive for fevereiro \07\UTC 2010

a menina.

fevereiro 7, 2010

Fiquei muito tempo olhando para aquela menina, devia ter uns 5 anos de idade. Por alguma razão qualquer eu a conhecia, mas de onde? Remexi na minha memória buscando alguma ocasião onde ela estivesse. Subitamente lembrei. É claro, aquela menina lembrava eu mesma quando pequena. Lembrava em tudo, o rosto, os olhos, os gestos. Enlouqueci, queria de alguma forma tomar aquela menina nos braços e acabar com aquela ausência de tudo que sempre esteve com ela, dizer para ter coragem e alertá-la de tantas dores que teria. A menina se agarrava na mãe com medo de perdê-la, ou talvez por medo das outras pessoas. Olhava para todos, inclusive para mim, com um olhar desconfiado e assustado. Eu queria dizer tantas coisas, conferir se tudo que ela sentia eu também senti, dizer que eu sabia do passado, do presente e do futuro. Queria tanto salvá-la das coisas que eu sabia que iriam acontecer. Mas como alertá-la de todas as tragédias?
Não, não fiz nada. Aquela vontade doida de mudar logo a minha vida foi inútil. Mas continuei a observar, até que ela olhou para mim e sorriu. Assim percebi que tudo que se passou em minha cabeça fora ilusão. A menina que eu fui quase nunca sorria.

Anúncios